quinta-feira, agosto 24, 2006

Pelo seu valor e porque honrou a Cidade que o recebeu, foi-lhe outorgado o título de "Cidadão Carioca" e pelo muito que fez pelas Artes, foi-lhe concedido a Comenda de Grande Oficial da Ordem do Mérito, da qual é ainda hoje "chanceler" o grande Artista e Amigo Sansão Pereira.
Contou como seus Amigos todos os que com ele conviveram e na Sociedade há que realçar Ethel Lowndes, Therezinha Hillal, Gilberto Mandarino, Carlos Gomes, Ney Tecídio, Óscar Tecídio, Dario Silva, Haidê Morani, Elisabeth Kinga, Iracy Carise e centenas mais…
A filha Ana, o genro-filho Humberto, cuidaram zelosa e dedicadamente de José Maria de Almeida, nos últimos momentos da sua existência.
Faleceu em 14 de Junho de 1995, na fértil terra de Uberlândia, a 1.000 km do Rio.
São Pedro abriu-lhe as portas.
São Pedro é o padroeiro da sua Cunha Alta…
Legou-nos José Maria de Almeida centenas de "filhos espirituais", disseminados por terras do Brasil, Portugal e outros países; como deixou, qual vergôntea que rejuvenesce em todas as primaveras, raízes que cobrem o Mar, as quais alimentam o orgulho e a honra de todos os que o conheceram e de todas as gentes da sua Cunha Alta e demais terras de Azurara da Beira.