quarta-feira, agosto 23, 2006


Tem José Maria de Almeida obras suas em vários Museus, nomeadamente no de "Maria da Fontinha", em Além do Rio, Castro Daire, o qual alberga centenas de peças - pintura e escultura - de centenas de artistas plásticos brasileiros.
Na toponímia da Cidade de Mangualde e na freguesia de Cunha Alta, existem ruas com o seu nome, em merecida homenagem.
Na Casa da Cultura de Conservatória, no Estado do Rio de Janeiro, encontra-se um busto, magnífico, de José Maria de Almeida, esculpido pelo também grande Artista e Grande Amigo, Gilberto Mandarino.

Por isso, as várias iniciativas para recordar o seu nome, a sua personalidade e a sua obra, na passagem do centenário do seu nascimento. Ocorrerão, por via disso, eventos alusivos, quer no Rio de Janeiro, quer em Cunha Alta, quer em Mangualde, quer no referido Museu Maria da Fontinha. E de todos irão sendo dadas informações.

Quanto ao programa das comemorações, conjugar-se-ão esforços com o já iniciado pelas entidades sociais e culturais de Cunha Alta; sendo certo que será levada a efeito uma exposição, em local a indicar, na Cidade de Mangualde, englobando obras do autor José Maria de Almeida e de mais de vinte artistas plásticos que com ele conviveram na Cidade do Rio de Janeiro, nomeadamente no Liceu Literário Português e na Sociedade Brasileira de Belas Artes, dos quais desde já se destacam Ney Tecídio, Óscar Tecídio, Dario Silva, Gilberto Mandarino, Marice Prisco, Haidê Mo-rani, Vera Figueiredo, Vera Gonzalez, Heloiselena, Sansão Pereira, Carlos Gomes, Fátima Gomes, Renato Bordini, Wagner Fráguas, Virgílio Dias, Manoel Costa, Maria Alcina, T. Brasil e outros.